ApacAPAC


Palácio dos Aboim

R. Arco Marquês Alegrete,
Bl. 2 - esc 4.8

1100-034 LISBOA



Tel: 21 882 16 43
Fax: 21 882 16 44
e-mailgeral@apaclinicos.pt

 

“José tem 78 anos, vive na província e recebe uma pequena reforma. Tem um tumor maligno e é acompanhado num hospital em Lisboa. Precisa de fazer análises clínicas periodicamente para controlar a evolução da doença mas o Serviço Nacional de Saúde (SNS) só comparticipa os exames se forem feitos no referido hospital. Caso faça os exames num laboratório convencionado próximo de si tem de os pagar na totalidade.”

“Maria, 90 anos, doente acamada, reside no litoral centro e é seguida num Centro Hospitalar de Coimbra. Vive com uma reforma inferior a 200€ (dessa reforma vive igualmente o seu filho, desempregado, que toma conta dela). Precisa de fazer análises clínicas para apresentar na consulta seguinte, mas os médicos do Centro de Saúde têm ordens para não lhe passar credenciais, impossibilitando-a de realizar os exames num laboratório convencionado próximo de si. Tem obrigatoriamente de as efetuar no dito Hospital, suportando as deslocações por sua conta.”

Exemplos como estes multiplicam-se por todo o País fazendo-nos temer pela saúde dos portugueses, principalmente dos mais débeis.

Nos últimos anos temos assistido a uma forte perseguição da liberdade de escolha nos cuidados de saúde. Vejam-se também os casos da Guarda, do Nordeste Transmontano, do Norte Alentejano, entre outros, que retêm as credenciais dos exames “obrigando” os utentes a fazê-los num determinado local, muitas vezes, longe de casa, levando vários doentes a desistirem dos exames por razões financeiras.

Estes procedimentos, afetam a vida de milhares de utentes e violam gravemente o direito constitucional da livre escolha.

Todos os estudos revelam que os Cuidados de Saúde Primários, de proximidade, mostram melhor desempenho, melhores resultados, mais equidade e acessibilidade, melhor relação custo-benefício e maior satisfação dos cidadãos.

Perante estas situações impõe-se a pergunta:

Qual o caminho que queremos para a Saúde dos Portugueses?

APAC (Associação Portuguesa de Analistas Clínicos)

«  janeiro 2018  »
dstqqss
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Não hesite,

Contacte-nos!
Estamos disponíveis para esclarecer quaisquer dúvidas.