ApacAPAC


Palácio dos Aboim

R. Arco Marquês Alegrete,
Bl. 2 - esc 4.8

1100-034 LISBOA



Tel: 21 882 16 43
Fax: 21 882 16 44
e-mailgeral@apaclinicos.pt

Últimas Notícias

  • Prémio de Investigação Científica Professora Doutora Maria Odette Santos-Ferreira - 2016

    29 de junho de 2016

    PremioOdeteFerreira2016

    A Direção Nacional da Ordem dos Farmacêuticos definiu o período para apresentação de candidaturas ao Prémio de Investigação Científica Professora Doutora Maria Odette Santos-Ferreira, que será atribuído em 2016. O prémio tem o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República e visa homenagear a ilustre farmacêutica e professora universitária e, ao mesmo tempo, promover a investigação científica no domínio da saúde pública realizada por farmacêuticos portugueses.

    O Prémio consiste na atribuição de um montante de 10.000 euros aos investigadores do projeto distinguido, na entrega do respetivo diploma em cerimónia pública e na publicação do resumo pela OF, podendo também, caso o júri assim o delibere, ser atribuídas Menções Honrosas, distinguidas com a atribuição do respetivo diploma.

    Os farmacêuticos interessados podem formalizar a sua candidatura até 16 de agosto, enviando os elementos identificados no Regulamento para o endereço e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

    Para mais informações, consulte o Regulamento e o Formulário de Candidatura.

     

                     Fonte: Departamento de Comunicação da Ordem dos Farmacêuticos  of

      

     
  • 7.º Workshop de Bioquímica Clínica

    17 de maio de 2016

    7.º Workshop de Bioquímica Clínica - 1 de Julho - Salão Nobre do Complexo da FFUP/ICBAS

     

    PosterWorkshopBioqClinica2016

     

    De salientar que este workshop é creditado pela Ordem dos Farmacêuticos e tem o patrocínio científico da Ordem dos Médicos.

    “A obesidade é uma doença inflamatória crónica cuja prevalência tem vindo a aumentar em todo o mundo. Está maioritariamente associada a um estilo de vida pouco saudável, que deve ser equacionado em diferentes fases do desenvolvimento humano, desde a vida intrauterina até ao adulto/idoso. A obesidade apresenta diversas comorbilidades, tais como diabetes e hipertensão arterial, sendo responsável por custos económicos elevados inerentes ao tratamento e por aumento de mortalidade. A abordagem clínica e terapêutica desta patologia deve ser feita por equipas multidisciplinares.
    Dada a sua importância, selecionámos a "Obesidade: da vida in utero à terceira idade" para tema do "7º Workshop de Bioquímica Clínica", onde irão ser abordadas algumas das mais relevantes temáticas associadas à obesidade em diferentes fases da vida, aliando o contexto clínico às mais recentes descobertas nesta área.
    Esperamos que o Workshop corresponda às expectativas de todos.”

    Saudações,
    Irene Rebelo, Presidente do Workshop

     

    Fonte: Maria Irene Jesus Rebelo / Dept. de Ciências Biológicas da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto    ffup

     

     
  • IV Cell Culture and Tissue Training Cours

    13 de maio de 2016

    IV CELL CULTURE AND TISSUE TRAINING COURS - 18 e 22 de Julho

     

    Decorrerá entre os dias 18 e 22 de Julho de 2016 o IV Cell Culture and Tissue Training Course no auditório Pedroso Lima da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.

    Este curso, que conta já com três edições anteriores de sucesso, tem vindo a afirmar-se ao longo dos últimos anos como uma referência para todos os estudantes, investigadores e profissionais na área das Ciências Biomédicas.

    O objetivo do curso é oferecer aos participantes fundamentos teóricos e práticos inerentes às técnicas de cultura celular e tecidular, seguindo o conceito “hands-on”.

    As inscrições estão abertas até ao dia 1 de Julho de 2016, sendo o preço das inscrições inferior até ao dia 1 de Junho de 2016.

    Mais informações disponíveis em: http://goo.gl/JtqybH

     

    Cartaz 

    Organização:
    Cláudia Caridade (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; 239480240)

    Divulgação:
    Ana Catarina Mamede (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; 939793027)

     

                     Fonte: Research Trial  

     

     
  • VISÃO HOLÍSTICA DA SAÚDE PÚBLICA DEVE ENVOLVER UNIDADES DO SETOR PRIVADO E SOCIAL

    29 de abril de 2016

    Visão holística da Saúde Pública deve envolver unidades do setor privado e social.

    i017513  of

    A Direção-Geral da Saúde colocou em discussão pública o documento estratégico intitulado “Saúde Pública – uma nova ambição para a Saúde Pública”, que estabelece os principais aspetos de uma reforma da saúde pública portuguesa. A Ordem dos Farmacêuticos (OF) enviou os seus contributos e comentários, realçando, em particular, a tendência holística associada ao conceito de Saúde Pública, embora tenha também destacado o facto de não serem feitas referências às estruturas de saúde de âmbito privado e social, nomeadamente à intervenção dos farmacêuticos comunitários e analistas clínicos.

    Para a OF, a visão abrangente da saúde pública que está patente no documento, que procura envolver entidades de proximidade, deve contemplar a integração de unidades de saúde como as farmácias e laboratórios de análises clínicas, pela sua elevada acessibilidade e distribuição no território nacional, pelos seus recursos humanos qualificados em áreas assistênciais relacionadas com o medicamento, os dispositivos médicos e as análises clínicas, e pela importante produção de dados de relevância clínica e epidemiológica.

    A Ordem considera também que os farmacêuticos que exercem nas farmácias e nos laboratórios devem integrar os Planos Nacionais recentemente criados pelo Governo, designadamente os Planos de Prevenção e Gestão da Doença Crónica e de Educação para a Saúde, Literacia e Autocuidados.

    Neste âmbito, a OF disponibilizou já ao secretário de Estado Adjunto e da Saúde algumas iniciativas que tem em curso, como o projeto “Geração Saudável” ou a campanha “Uso do Medicamento – Somos Todos Responsáveis”, entre outros, e sugeriu a inclusão do conhecimento e experiência de farmacêuticos nas estruturas coordenadoras.

     

                    Fonte: Dra. Filomena Lencastre - Direção da APAC